ACOMPANHE📺

Video: PM dispersa mais de 600 pessoas de festa, participantes jogam pedras e garrafas em policias em Nova Mutum/MT

Ilustrativa

A Polícia Militar recebeu diversos chamados de moradores da região, foi ao local, e conseguiu acabar com a aglomeração. O proprietário de uma VW Saveiro com ‘parede’ de som automotivo acabou preso durante a ação. A festa estava sendo realizada, sábado à noite e avançou na madrugada de ontem, em uma área na avenida das Seriemas, no bairro Residencial Flamboyants, com a participação de mais de 600 pessoas.

Conforme o boletim de ocorrência, as denúncias apontavam que os participantes estavam ingerindo bebida alcoólica, realizando manobras perigosas com carros e motos, além de fazer algazarra, tirando a tranquilidade de moradores em decorrência do som alto.

Após as denúncias, uma equipe formada por três militares foi até o local e constatou os fatos informados. Consta que os participantes empinavam motos, além de fazerem arrancadas, e outras manobras perigosas na avenida e em uma área de plantação.

Assine nosso boletim de Noticias

Em outro ponto, visualizaram a Saveiro com o som. Foi solicitado que o proprietário desligasse, mas não obedeceu. Em seguida, virou as costas para os policiais e passou a urinar em via pública. Ele foi revistado e recebeu voz de prisão.

Durante esta abordagem, outras pessoas ofenderam os policiais com palavras agressivas, bem como começaram a jogar garrafas de vidro e pedras contra os militares. Diante disso, foram necessários seis disparos de arma de fogo com munição antimotim para dispersar a multidão.

Em seguida, a Saveiro foi removida do local e o suspeito encaminhado à delegacia de Polícia Civil. No entanto, ao chegar na delegacia, a PM recebeu mais dois chamados informando perturbação de tranquilidade e aglomeração no mesmo local. Os participantes, possivelmente, faziam disputa como de campeonato automotivo.

A guarnição solicitou reforço, foi até a sede do batalhão, onde pegou material de agente químico para dispersar os participantes. No local da festa, os militares lançaram granadas lacrimogêneas e conseguiram dispersar os participantes definitivamente, acabando com o evento.

Não houve registro de mais prisões, e a PM chegou a receber novas ligações de moradores agradecendo o trabalho realizado.

Só Notícias

Notícias relacionadas