ACOMPANHE📺

Vereadores aprovam Moção de Protesto contra a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL

Na última Sessão Ordinária (13), os vereadores de Nova Mutum aprovaram a Moção de Protesto contra Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, em razão do descaso com a sociedade ante as políticas de geração de energia elétrica limpa e renovável e tarifas impostas ao consumidor final.

Na semana passada os parlamentares, protestaram com os serviços da Concessionária Energisa.

A insatisfação da sociedade levou os vereadores a manifestarem por meio da Moção o sofrimento dos clientes em ter que pagar o valor da energia elétrica com vários reajustes.

Nos últimos meses foram mais de uma alteração na classificação tarifaria, no mês de setembro de 2021, ocorreu mais uma mudança da bandeira.

Mesmo em período de maior concentração de chuvas, com variação pluviométrica entre 1600 a 2200 mm, para o período os valores continuaram a aumentar, pesando ainda mais para o consumidor

Os parlamentares defendem a geração de energia fotovoltaica, considerada uma fonte alternativa, renovável, limpa e sustentável. O agronegócio local e a agroindústria operam com geração de energia elétrica própria utilizando a biomassa, mas o setor também está descontente com o descaso da controladora.

Para os vereadores a ANEEL, trabalha na contramão da geração de energia limpa e da livre iniciativa. A falta de incentivo impede o aumento da geração de energia alternativa.

Os autores especificaram que nos últimos meses a tarifa de energia elétrica subiu a níveis alarmantes.

A Moção de Protesto foi direcionada a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e bancada Federal, como cobrança na melhoria das tarifas da energia elétrica a toda população.

O presidente do Legislativo Municipal Altair Albuquerque, a Mesa Diretora e demais vereadores, aprovara o presente Protesto.

CMNM

Notícias relacionadas