Vai a júri popular em Dezembro empresário acusado de mata professora em Nova Mutum

No dia 4 de dezembro, irá a júri popular o empresário Alexandro Lautenschlager, 31 anos, acusado pelo assassinato da professora Rosângela Silva, 32 anos.

A justiça de Nova Mutum divulgou a pauta de julgamentos previstos para este ano. No dia 4 de dezembro, irá a júri popular o empresário Alexandro Lautenschlager, 31 anos, acusado pelo assassinato da professora Rosângela Silva, 32 anos. O corpo de Rosângela foi encontrado em fevereiro de 2019, em um matagal às margens da rodovia estadual MT-249 em Nova Mutum (de acesso a São José do Rio Claro).

Alexandro será julgado por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe, de maneira cruel e contra a mulher em razão de gênero (feminicídio). Também responderá por invasão de residência e ocultação de cadáver. A ação penal segue em sigilo de justiça.

Rosângela desapareceu em janeiro do ano passado. Foram 14 dias de buscas até investigadores da Polícia Civil chegarem ao local onde estava o corpo, próximo à ponte sobre o Rio Arinos.

VEJA TAMBEM
1 De 171
Receba noticias em seu Whatsapp
Assine nosso boletim de Noticias

Alexandro foi preso ainda em janeiro de 2019. A polícia detalhou que o acusado foi visto buscando Rosângela, em um contexto de forte discussão entre o ex-casal. Ambos seguiram em um HB20 branco. Uma amiga da vítima ficou na casa e viu Rosângela saindo com ele.

A professora foi sepultada em Nova Mutum. Ela trabalhava na escola municipal Lucia Faccio desde fevereiro de 2016.

Herbert de Souza

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

banner slide 300X100 (1)
banner slide 300X100 (4)
LEIA TAMBEM
Assine nosso boletim de Noticias
Inscreva-se aqui para receber as últimas notícias diretamente em sua caixa de entrada.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...