ACOMPANHE📺

Rede estadual retoma aulas 100% na segunda quinzena de outubro, afirma secretário da Educação

As aulas na rede estadual de educação de Mato Grosso terão o retorno 100% presencial no dia 18 de outubro. A nova portaria da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta (8). Aos estudantes que possuem comorbidades está assegurada a continuidade do ensino de forma remota.

As aulas na rede estadual de educação de Mato Grosso terão o retorno 100% presencial no dia 18 de outubro. A nova portaria da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta (8). Aos estudantes que possuem comorbidades está assegurada a continuidade do ensino de forma remota.

A nova portaria ainda segue o monitoramento realizado pela Seduc, quanto à frequência dos estudantes no formato híbrido; o baixo índice de casos de Covid-19 nas unidades escolares; as solicitações de várias unidades para o retorno 100% presencial das atividades e a transferência de recursos para adoção das medidas de biossegurança em todas as escolas.

A Seduc investiu R$ 66.928.353,08 milhões nas 727 escolas estaduais para garantir os suporte de biossegurança e reduzir a possibilidade de contaminação com o Coronavírus.

Monitoramento realizado pela Secretaria Adjunta de Gestão mostra que 68% dos estudantes em todo o Estado já retornaram às atividades na modalidade híbrida, divididos nos Grupo A e B, com revezamento semanal.

“Essa média, a gente comparou com outros municípios e outros estados ela varia entre 65% e 70% e está acontecendo no país inteiro”, disse Alan Porto. O secretário enfatiza que a preocupação com a evasão escolar é outro fator que aponta para a necessidade do retorno das atividades presenciais 100%.

Todas as Diretorias Regionais de Ensino já foram orientadas para reforçarem a busca ativa pelos estudantes que não estão frequentando as escolas, como forma de garantir o direito constitucional de acesso à educação.

“Falavam que quando a gente voltasse ia ter explosão de casos e até agora isso não passou de mentira. Hoje, praticamente todos os profissionais da educação já tomaram a segunda dose. O estado avança na faixa etária dos adolescentes de 12 a 17 anos, enviando vacina aos 141 municípios”, pontuou.

MT Noticia

Notícias relacionadas