ACOMPANHE📺

Polícia quer prender MC que cantou em festa do Comando Vermelho em MT

As delegacias de Repressão aos Crimes de Informática e de Combate às Drogas da Polícia Civil do Rio de Janeiro pediram a prisão de 14 responsáveis por organizar bailes funks durante o carnaval no RJ.

Entre eles está o MC Poze, que foi preso em Sorriso  em 2019 após participar de uma festa do Comando Vermelho.

Na época, o MC carioca e outras 30 pessoas ficaram presos entre os dias 29 de setembro e 3 de outubro. MC Poze era acusado de estar com um lança perfume e por fazer incitação ao crime, devido às letras das músicas.

Ele foi liberado após a Justiça de MT conceder liberdade provisória ao cantor.

Segundo a polícia, o MC Poze, DJ Markinho do Jaca, MC Negão da BL, e outros 10 pessoas são responsáveis por organizar bailes funks durante o carnaval no RJ.

Assine nosso boletim de Noticias

Eles são acusados de crimes de infração de medida sanitária preventiva, epidemia e associação ao tráfico de drogas.

A investigação apontou que as festas são realizadas a céu aberto nas comunidades, sob o controle, autorização e responsabilidade dos grupos criminosos que comandam essas áreas.

A polícia informou ainda que os envolvidos “aumentam seus ganhos ilegais com a realização de tais eventos clandestinos”.

REPORTER MT

Notícias relacionadas