ACOMPANHE📺

Polícia prende um por latrocínio de sargento em Sinop e investiga versão se executado a tiros teria envolvimento

A polícia está investigando o relato de um homem preso, que Damião Ribas, de 49 anos, morto a tiros, ontem à tarde, no quintal de uma casa no Camping Clube, seria um dos suspeitos envolvimento no latrocínio do terceiro sargento da reserva da Polícia Militar, Ercílio Rocha Cândido, de 56 anos.

O preso tem 25 anos e outro homem, de 24 anos, está foragido. No boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil consta que o suspeito foi preso pelo Grupo de Apoio da PM na região, com uma arma de fogo (que seria da vítima). Em sua versão, que está sendo investigada, alegou que o objetivo era roubar a Toyota Hilux do sargento. Consta que, no sábado, o preso, que conhecia o sargento, foi até sua residência na chácara, na estrada Clotilde, para distraí-lo, enquanto os outros dois envolvidos o dominariam para o roubo. Ercílio fazia um churrasco com o criminoso, quando foi rendido com uma faca e amarrado no sofá da sala.

O homem ainda apontou que na sequência houve o assassinato, com golpes de barra da ferro (ontem o Corpo de Bombeiros informou que também havia marcas de tiro na cabeça e tórax do militar). Em seguida, colocaram o corpo do sargento na caminhonete e tentaram fugir.

No entanto, durante a fuga, o criminoso que dirigia o veículo perdeu o controle da direção e tombou em uma vala, às margens da estrada Clotilde (cerca de dois quilômetros da MT-423, que liga Sinop-Cláudia). Neste momento, abandonaram a Hilux, com o corpo, e fugiram para a mata, até ele ser pego pelo GAP (inicialmente por porte ilegal de arma de fogo).

O preso ainda relatou aos policiais que o executor dos golpes com a barra (que foi apreendida pela Perícia Oficial e Identificação Técnica) seria o suspeito que ainda está foragido.

O sargento será sepultado esta manhã em Sinop. Ele ingressou na PM em 1986. Em nota, o 3º Comando Regional lamentou o falecimento do militar que “com o seu esforço e dedicação muito contribuiu para a consolidação das ações desenvolvidas pela Polícia Militar na região”.

Conforme Só Notícias já informou, testemunhas detalharam que dois homens encapuzados chegaram em uma motocicleta, marca e modelo não confirmados, e um deles efetuou os tiros contra Damião, que foi atingido no peito e cabeça.

Só Noticia

Notícias relacionadas