Polícia Civil prensa 250 carros, motos e caminhões sem condições de uso – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

Polícia Civil prensa 250 carros, motos e caminhões sem condições de uso

Além da Derrfva, o trabalho de limpeza envolve também o Poder Judiciário, o Ministério Público e o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran).

Foto por: Ascom/PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e furtos de Veículos Automotores (Derrfva) deflagrou na manhã desta quinta-feira (12.09), a 2º fase da operação “Pátio Limpo”. A ação serviu para realizar a prensa de 250 veículos, entre motocicletas, carros e caminhões, que estavam há décadas aguardando destinação. Após a prensa, o material é enviado para reciclagem.

VEJA TAMBEM:  Cinco foragidos da justiça são capturados em Cuiabá, Sinop e Chapada dos Guimarães

O foco da ação, que começou em fevereiro deste ano, é a descontaminação e limpeza do pátio utilizado pela delegacia. Para autorizar um veículo a passar pela prensa, a unidade policial concluiu mais de 750 inquéritos e restituiu 1.400 veículos aos proprietários. Os bens ficam de posse da delegacia quando o veículo é apreendido por alguma queixa de crime: roubo, furto, clonagem, dentre outros.

Além da Derrfva, o trabalho de limpeza envolve também o Poder Judiciário, o Ministério Público e o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran). O processo de descontaminação e reciclagem dos veículos inicia com a retirada da bateria, óleo e combustível. Após esse procedimento, é feita a compactação, pesagem e destinação do material para reciclagem.

VEJA TAMBEM:  AGER-MT aplica multa de R$ 14,4 milhões à Energisa de Mato Grosso

“O processo destes bens inservíveis começou no início do ano. Fizemos diversas ações cartorárias que resultaram na conclusão de mais 750 inquéritos. A partir deste trabalho, criamos um procedimento padrão de atendimento a vítima, o que facilitou a entrega do veículo a quem de direito. Com estas medidas nós entendemos que vamos garantir um local limpo, tanto para o servidor, como também para a sociedade. Nosso trabalho tem permitido diminuir o passivo de décadas”, ressalta o titular da Derrfva, Gustavo Garcia Francisco.

O delegado adjunto da Derrfva, Arnon Osny, explica que os veículos prensados são considerados bens inservíveis e por isso a necessidade de dar destino apropriado. “A equipe aqui tem uma dupla função, tanto a questão ambiental que a gente vai solucionar o problema, como também a questão da própria unidade, que tem que destinar efetivo para cuidar do espaço. Estes veículos estão sendo reciclados nesta etapa e até dezembro ocorrerão mais duas. O objetivo é manter o espaço limpo”, enfatiza.

VEJA TAMBEM:  Trio é encaminhado por receptação e veículo roubado em Campo Verde é recuperado

Um dos focos da limpeza dos pátios também é a preocupação com o meio ambiente e a saúde pública. “O processo de reciclagem é prioridade da atual gestão. Com essa ação, além de colaborar para a preservação do meio ambiente, também eliminamos prováveis criadouros de insetos”, pontua o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Além dos servidores da delegacia especializada, participaram do ato o delegado metropolitano, Douglas Turíbio Schutze, o delegado e diretor de atividades especiais da PJC, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, o presidente do Detran, Gustavo Vasconcelos e o promotor da 19º Promotoria de Justiça, Reinaldo Rodrigues de Oliveira Filho.

Com Assessoria PJC-MT

você pode gostar também
Loading...