Polícia Civil indicia mulher por matar homem após atear fogo – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

Polícia Civil indicia mulher por matar homem após atear fogo

Ela confessou a autoria do crime. A mulher alegou que anteriormente a vitima tinha tentado contra sua vida, também usando fogo, após uma discussão.

O inquérito da morte de Oséias Vicente, 60 anos, foi concluído esta semana pela Polícia Civil de Juína. A vítima teve o corpo localizado no dia 5 de junho, nas proximidade do terminal rodoviário da cidade, com queimaduras de terceiro grau. Ele morreu após passar nove dias internado na UTI do Hospital da cidade, em 14 de junho.

VEJA TAMBEM:  Polícia Civil apreende jovem e recupera parte de dinheiro, cheques e joias furtados de loja

Um mulher de 33 anos, J.L.S., é a suspeita identificada nas investigações que apontam, segundo o delegado Marco Bortolotto Remuzzi, para um desentendimento ocorrido entre a vítima e a suspeita, que após isso pegou uma garrafa com combustível e jogou na vítima, ateando fogo logo em seguida. Testemunhas presenciaram o briga entre os dois.

Ela confessou a autoria do crime. A mulher alegou que anteriormente a vitima tinha tentado contra sua vida, também usando fogo, após uma discussão.

A suspeita tem várias passagens por crimes de roubos, tráfico  de drogas e homicídios. Ela foi indiciada por homicídio qualificado.

Assessoria PJC-MT

você pode gostar também
Loading...