PM prende vigilante suspeito de executar colega em condomínio de luxo – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

PM prende vigilante suspeito de executar colega em condomínio de luxo

Em um vídeo gravado por policiais militares, o vigilante B.L.P. de 27 anos, confessou ter matado a colega de trabalho, Renécleia Aparecida Bispo, de 41 anos, no condomínio de luxo na tarde de terça-feira (24)

Suspeito foi detido quando ia para casa de sua mãe – Foto por: PMMT

Em 35 horas de busca durante a Operação Salutem na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Rondonópolis (a 452 km de Nova Mutum), policiais militares prenderam na madrugada desta quinta-feira (26.09), B.L.P. (27 anos). Ele é suspeito de ser o autor da morte de uma colega de trabalho ocorrido na terça-feira (24.09).

VEJA TAMBEM:  Polícia Civil cumpre mandados e prende traficantes em Nova Monte Verde

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais em diligência na procura de B. que já estava com mandado de prisão aberto expedido pelo poder judiciários pelo crime. Ele perambulava à pé pela área central em direção ao bairro Jardim Amizade sentido residência da sua mãe quando foi abordado e detido.

Aos militares, Bruno disse também que desde que cometeu o crime, estava em um rio e que se entregou, pois havia dois dias que não se alimentava.

“Eu estava lá pro rio, mas dois dias sem comer e sem tomar água, aí eu voltei para cidade (Rondonópolis)”, disse aos policiais. Em seguida, ele é questionado o porquê matou a porteira. “Ela me faltou com respeito e desacreditou da minha pessoa. Se fosse para escolher, eu escolheria não fazer isso”, disse o segurança aos policiais.

VEJA TAMBEM:  Quatro carretas se envolvem em acidente na BR-163, dois feridos, pista fica interditada por mais de seis horas

Os agentes acreditam Bruno estava se escondendo em uma região de mata. Depois do crime, ele chegou a fugir em uma motocicleta, mas se envolveu em um acidente com uma caminhonete na MT-270 e diante disso, abandonou o veículo e o revólver calibre 38 usado no crime.

Diante disso, foi dado voz de prisão ao segurança que foi encaminhado à DHPP para prestar depoimento ao delegado responsável pelo caso. Ele deverá passar por audiência de custódia ainda nesta quinta-feira. Bruno deverá responder pelo crime de feminicídio.

você pode gostar também
Loading...