Petrobras reduz preço da gasolina e diesel nas refinarias – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

Petrobras reduz preço da gasolina e diesel nas refinarias

Para chegar à bomba, deve demorar 15 dias, “porque a concorrência é muito grande no setor de revenda

A medida entra em vigor nesta terça-feira (14) – Foto: Luciano Claudino

A Petrobras confirmou, redução de 3% no preço do diesel e da gasolina para as refinarias. A medida entra em vigor nesta terça-feira (14). O último reajuste anunciado pela companhia para a gasolina foi em 1º de dezembro do ano passado e, para o diesel, no dia 21 daquele mês.

VEJA TAMBEM:  Motoristas são libertados após ficarem amarrados e terem caminhões roubados em MT

A medida não surpreendeu o mercado, disse o presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares.

Soares lembrou que, quando começou a tensão entre Irã e Estados Unidos, o preço do barril de petróleo no mercado internacional subiu de US$ 64 para US$ 70. Como o preço já voltou ao patamar anterior, Soares disse que a tendência é de queda do preço dos dois combustíveis no mercado interno brasileiro. “É absolutamente normal e esperada essa atitude da Petrobras.”

O presidente da Fecombustíveis ressaltou, porém, que, para o consumidor, a redução do preço deve demorar algum tempo, porque as distribuidoras têm que gerir o estoque, estimado entre 15 milhões e 20 milhões de litros. “Só baixa o preço quando ela [distribuidora] vender o estoque que comprou mais caro”. Para chegar à bomba, deve demorar 15 dias, “porque a concorrência é muito grande no setor de revenda”, disse Soares.

VEJA TAMBEM:  Motorista de carreta carregada de carne não resiste aos ferimentos e morre em hospital de Nova Mutum

Agência Brasil

Participe do nosso grupo do Whatsapp clique aqui

você pode gostar também
Loading...