Novos especialistas em ‘Gestão de Segurança Pública’ começam a atuar na PM e Bombeiros – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região,

Novos especialistas em ‘Gestão de Segurança Pública’ começam a atuar na PM e Bombeiros

Essa é a 12ª turma do CAO (Curso Aperfeiçoamento de Oficiais) formada pela Academia de Polícia Militar Costa Verde e a primeira com especialização em ‘Gestão de Segurança Pública’ voltada aos capitães.  

Ponte sobre o rio Teles Pires cai com excesso de chuvas nos últimos meses em Trivelato
Os novos ‘especialistas em Gerão de Segurança Pública’, familiares e autoridades se reuniram em ato de formatura – Foto por: SD Luiz/PMMT

Quarenta e dois capitães da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros voltam às ruas como especialistas em ‘Gestão de Segurança Pública’. A formatura dos policiais ocorreu na noite de quinta-feira (28), em solenidade no auditório do Hits Pantanal Hotel, em Várzea Grande.

Essa é a 12ª turma do CAO (Curso Aperfeiçoamento de Oficiais) formada pela Academia de Polícia Militar Costa Verde e a primeira com especialização em ‘Gestão de Segurança Pública’ voltada aos capitães.

Dos 42 novos especialistas, 31 são do quadro da PMMT, sendo 22 do operacional e 9 do administrativo, e 11 são oficiais do Corpo de Bombeiros. O curso teve duração de quatro meses em regime integral, com 360 horas aulas presenciais e aulas atividades para produção de artigo científico.

O comandante da Academia Costa Verde, tenente-coronel Wellington Augusto Prado de Campos, explicou que esse curso forma oficiais para funções, entre outras, de gestão e comando de unidades e de assessoramento de Estado Maior (comando-geral da PM).

No ato de formatura, o comandante geral adjunto, coronel Delwison Sebastião Maia da Cruz, parabenizou os formandos e destacou a importância da qualificação profissional, da formação e atualização continuada.

VEJA TAMBEM:  Osmar Isoton participa de Audiência Pública da Saúde referente ao relatório quadrimestral

“Saibam que a PM e a sociedade mato-grossense agora esperam e vão cobrar muito mais dos senhores e senhoras”, pontuou Cruz.

O comandante adjunto observou que enquanto os oficiais estavam em curso a ausência deles foi sentida nas atividades de rua e no administrativo, porém a instituição reconhece a necessidade do aprimoramento para melhoria dos serviços prestados.

Ponte sobre o rio Teles Pires cai com excesso de chuvas nos últimos meses em Trivelato

ARTIGOS CIENTÍFICOS

Os formandos expuseram 22 artigos científicos produzidos como exigência para conclusão do curso. Um dos artigos, intitulado ‘Lei Seca em Cuiabá – Perfil do Infrator e as Medidas Preventivas de Trânsito”, de autoria dos capitães Diego John Guindani Silva e Lucas Maciel, com orientação da tenente-coronel Diva Maria de Oliveira Mainardi, apontou que o condutor flagrado no volante por embriaguez é do sexo masculino, a maioria jovem e de até meia idade, com formação de nível médio, não reincidente e renda baixa e média.

Outro artigo, dos capitães Victor Hugo Cabelho e Rodrigo Varela Ferreira, que tiveram como orientador o coronel PM e também professor-doutor, Edson Benedito Rondon Filho, abordou a vitimização do policial militar em horário de folga. Uma pesquisa feita com 700 policiais, por meio de aplicação de questionário online, mostrou que 192 PMs mato-grossenses foram vítimas de violência e crimes quando estavam de folga.

Ponte sobre o rio Teles Pires cai com excesso de chuvas nos últimos meses em Trivelato
Todos os artigos científicos, com diversos temas, foram expostos no saguão para conhecimento público – Foto: SD-PM Luiz
Sd Luiz/PMMT

                                         

você pode gostar também
Loading...