Mulher sofre com hérnia gigante, enquanto aguarda cirurgia em Nova Maringá; Secretária de Saúde foge de conceder parecer sobre o caso

Uma moradora de Nova Maringá, identificada como Solange Máximo da Silva, de 34 anos, foi às redes sociais expor a conturbada situação que está passando.

Segundo a jovem, ela sofre há anos com dores e esta com uma hérnia enorme na região abdominal, mas apesar das dificuldades financeiras, infelizmente não pôde contar com a assistência da Secretaria de Saúde do seu município.

De acordo com a vítima, tudo começou quando ela passou por uma cirurgia para retirada da vesícula no mês de Agosto de 2015, ocorrendo tudo bem na ocasião, sendo que no ano seguinte chegou a assumir o cargo de Serviços Gerais em um concurso público em que foi aprovada. Contudo, com o passar dos dias, ela relata que começou a sentir dores e uma hérnia começou a se formar na região da cirurgia da vesícula e, com isso, ela começou a passar por exames que confirmaram a presença da hérnia.

Em meio à situação, Solange conta que o parecer de todos os médicos era sobre a necessidade de realização de uma cirurgia para retirada da hérnia, mas primeiro ela teria que fazer uma bariátrica tendo então que passar por mais consultas e exames, sendo que no início conseguia transporte para as consultas, posteriormente, passaram a alegar que ela teria que andar de transporte público coletivo, o que dificultava.

Diante da situação, Solange conta que seguia desde então tentando se afastar do trabalho devido às fortes dores incapacitantes que sentia, mas não conseguia, que teve que continuar trabalhando do mesmo jeito, tendo chegado a ir três vezes na Secretaria de Saúde, mas nada foi feito.

Assine nosso boletim de Noticias

Ainda segundo ela, o ex-prefeito da cidade chegou a prometê-la durante campanha que iria ajudar, mas que sendo procurado posteriormente, nada fez também em relação à situação.

Em meados de 2019, Solange expõe que teve que pedir demissão por conta própria do serviço, diante da impossibilidade de continuar, já que também não conseguia amparo das autoridades competentes para que fosse afastada pelo INSS devido à sua condição, e até o momento não conseguiu passar pela cirurgia para retirada da hérnia.

Nossa equipe de reportagem tentou contato com a Secretária de Saúde do município, expondo o caso, mas a responsável pela pasta acabou desligando a ligação durante a conversa. Diante da situação, o Portal Terra MT Digital irá acionar a justiça se for preciso, para resolução do caso.

Terra Digital

Notícias relacionadas