ACOMPANHE📺

MPE investiga frigorífico em MT suspeito de usar carne podre em alimentos

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou inquérito no dia 3 deste mês para investigar a suspeita de que o Frigorífico Forteza, localizado em Sinop, tenha feito aproveitamento de carne estragada para produzir alimentos.

A investigação será conduzida pelo promotor de Justiça Pompílio Paulo Azevedo Silva Neto e foi instaurada a partir de documentos encaminhados pela Procuradoria do Trabalho de Sinop, vinculada ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

O promotor de Justiça Pompílio Silva Neto já requereu informações ao Indea (Instituto de Defesa Agropecuária) que deverão ser fornecidas no prazo de 30 dias.

Ainda será feita uma inspeção in loco para verificar as condições sanitárias do frigorífico para constatar a suspeita de aproveitamento de carne estragada na produção de alimentos e eventual descumprimento da legislação sanitária, conforme denúncia oriunda do Ministério Público do Trabalho.

Ainda pesa contra o frigorífico a suspeita de irregularidades na relação de trabalho, o que é investigado pelo Ministério Público do Trabalho.

Folha max

Notícias relacionadas