ACOMPANHE📺

MPC investiga superfaturamento em contrato para manutenção de computadores em MT

O Ministério Público de Contas (MPC) instaurou um procedimento para apurar um suposto superfaturamento num contrato de manutenção de computadores pela prefeitura de Paranatinga. O valor é de R$ 1,567 milhão.

A portaria que oficializou a investigação preliminar foi assinada pelo Procurador-Geral de Contas Adjunto, William de Almeida Brito Júnior, no último dia 4 de março. As supostas irregularidades ocorreram entre junho de 2019 e junho de 2020.

“Chegou ao conhecimento fazer Parquet de contas que o Município Paranatinga efetuou contrato com empresas para manutenção de computadores da Prefeitura com superfaturamento, pelo período de 18 de junho de 2019 a 18 de junho de 2020”, diz trecho da publicação.

William de Almeida Brito Júnior não deu detalhes sobre os serviços específicos que seriam realizados na prefeitura de Paranatinga, nem o valor do contrato, ou o suposto superfaturamento. Caso as irregularidades sejam confirmadas pelo MPC, a prefeitura de Paranatinga poderá responder por eventuais danos aos cofres públicos, sem prejuízos a ações cíveis ou penais propostas por outros órgãos de controle – como o Ministério Público Estadual (MPMT), por exemplo.

FolhaMax

Notícias relacionadas