Ministério da Infraestrutura apresenta projeto da ferrovia “Ferrogrão” Sinop-Miritituba a mais investidores

Ferrogrão

Evento será realizado até o dia 7 de agosto e tem o objetivo é apresentar a investidores detalhes do projeto da ferrovia, que irá ligar Sinop (MT) a Miritituba (PA)

Rio Verde (GO) – Obras de implantação do Polo de Cargas do Sudoeste de Goiás da Ferrovia Norte-Sul, trecho Rio Verde-Santa Helena de Goiás (Beth Santos/Secretaria-Geral da PR)

O Ministério da Infraestrutura (Minfra) realiza apresenta, nesta semana, o projeto de Concessão da Ferrogrão, que vai ligar Sinop até Miritituba (PA), para investidores. O evento começou nessa terça-feira (3), segue até a sexta-feira (7) e tem o objetivo de apresentar os detalhes do projeto da ferrovia.

As reuniões virtuais têm o objetivo de receber feedback dos interessados quanto à modelagem proposta, em avaliação pelo Tribunal de Contas da União (TCU) desde o mês passado.

“Para mim, a Ferrogrão é o projeto mais importante do Brasil. Estamos falando de agronegócio antes e depois da ferrovia. Estamos modelando um contrato que será bem-sucedido. Todos os cuidados de natureza ambiental também estão sendo bem endereçados. Não tenho dúvidas que teremos sucesso nessa concessão”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Dicas e sugestões podem ser enviadas ao nosso numero de plantão no WhatsappTelegram
Assine nosso boletim de Noticias

Ferrogrão será uma das vias mais importantes do país e um dos ativos mais aguardados pelos investidores. Com 933 km de extensão, tem papel estruturante para o escoamento da produção de milho, soja e farelo de soja do estado do Mato Grosso, prevendo-se ainda o transporte de óleo de soja, fertilizantes, açúcar, etanol e derivados do petróleo. São esperados investimentos de R$ 8,4 bilhões no projeto de concessão.

VEJA TAMBEM
1 De 53

Sua implementação irá consolidar o novo corredor ferroviário de exportação do Brasil pelo Arco Norte, ligando Sinop (MT) ao Porto de Itaituba (PA).

Estão previstos, também, o ramal de Santarenzinho, entre Itaituba e Santarenzinho, no município de Rurópolis (PA), com 32 km, e o ramal de Itapacurá, com 11 km. O projeto faz frente à expansão da fronteira agrícola brasileira e à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga.

O empreendimento aliviará as condições de tráfego na BR-163/PA, diminuindo o fluxo de caminhões pesados e os custos com a conservação e a manutenção.

O Evento é realizado pelo Minfra, em conjunto com a Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), dá continuidade, a partir desta terça-feira (4), ao Roadshow da Ferrogrão (EF-170).

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

banner slide 300X100 (4)
LEIA TAMBEM
Assine nosso boletim de Noticias
Inscreva-se aqui para receber as últimas notícias diretamente em sua caixa de entrada.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...