SISMUTUM realiza Assembléia Geral Extraordinária e reúne um grande numero de servidores | MEDIO NORTE NOTICIAS
Informação a Todo Momento

SISMUTUM realiza Assembléia Geral Extraordinária e reúne um grande numero de servidores

Vários assuntos estiveram na pauta da reunião, dentre eles, atualização do estatuto, regularização em cartório, regularização junto a FESSPMENT, parceria com a DIEESE, convênios com o sindicato, lazer para os servidores além de outros.

Homem tem 70% queimado ao examinar contêiner com produto inflamável em São José do Rio Claro A Assembléia Geral Extraordinária do Sindicatos dos Servidores Públicos de Nova Mutum (SISMUTUM), foi realizada na noite desta terça-feira (24), no plenário da Câmara de Vereadores e contou com a presença de um grande numero de servidores associados.

Vários assuntos estiveram na pauta da reunião, dentre eles, atualização do estatuto, regularização em cartório, regularização junto a FESSPMENT, parceria com a DIEESE, convênios com o sindicato, lazer para os servidores além de outros.

Homem tem 70% queimado ao examinar contêiner com produto inflamável em São José do Rio Claro O presidente do SISMUTUM, Sidrack Carvalho, afirmou que o objetivo maior dessa assembleia é fortalecer o servidor, destacando que após dois anos de trabalho todos os servidores estão percebendo que existe no município uma representatividade.

“Eu não sou o presidente, eu estou presidente, e o sindicato é sim o representante maior do servidor, e pode ter certeza que a muitas coisas para corrermos atrás, porem estamos buscando um diálogo com o Poder Público, nós estamos correndo atrás disso, e tenho certeza que isso vai acontecer”, disse o presidente.

O assessor jurídico do SISMUTUM, Daniel Moura, afirmou que esse, foi um momento de prestar contar aos servidores dos serviços da assessoria jurídica no período de março de 2018 até a presente data, e enaltecer alguns direitos permitido dentro da legislação que podem ser melhorados na vida dos servidores. Ele ressaltou ainda que esses direitos tem sempre uma forma de oficiar a prefeitura quando houver a necessidade, buscando sempre um dialogo inicial, e se isso não acontecer é necessário recorrer judicialmente.

“O assédio moral administrativo, o abuso de autoridade, ou os crimes de prevaricação e improbidade, que são praticados por autoridades dos serviços públicos devem ser coibidos a todo tempo, isso envolve um palavrão, intimidação, opressão, pré-conceito de qualquer gênero, isso é muito prejudicial para a saúde física, mental, e emocional dos servidores, e atrapalha no seu desempenho, pois dentro do estado democrático de direito não é possível admitir posturas coronelistas como era na ditadura, e infelizmente percebemos isso dentro no nosso município”, concluiu o assessor jurídico.

Além dos servidores, participaram também desta assembléia, os vereadores; Alexandre Tavares, José da Paixão, Airton Pessi o Quick, e o presidente Altair Albuquerque.

Fonte: Diário Norte
você pode gostar também
Loading...