Procon recomenda atenção aos vencimentos de contas e encomendas | MEDIO NORTE NOTICIAS
Informação a Todo Momento

Procon recomenda atenção aos vencimentos de contas e encomendas

GREVE CORREIOS

A solução mais viável e segura para os fornecedores é procurar serviços de entrega alternativos aos Correios. Lembrando que o custo desse serviço pode ser repassado ao consumidor.

PM localiza carreta tanque abandonada em área rural de SinopIniciada no dia 10 de setembro, a greve dos servidores dos Correios pode causar atrasos na entrega de contas e encomendas em todo o país. Para esclarecer dúvidas de consumidores que aguardam correspondências, boletos ou produtos, o Procon-MT dá dicas sobre quais direitos e deveres devemos ficar atentos durante a paralisação da categoria.

Atraso na entrega de contas 

No caso de contas que são entregues somente via correspondência, deve-se entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa emissora da conta e solicitar uma outra forma de realizar o pagamento antes do vencimento daquela fatura.

As opções podem ser transferência bancária ou envio do boleto por email ou sms, por exemplo. Caso a empresa não ofereça outro meio de pagamento após o contato, a data de vencimento deve ser adiada.

“Em casos como este, o consumidor tem o dever de ficar atento à data de vencimento de suas faturas. Já o fornecedor tem a obrigação de oferecer outros meios para a realização do pagamento”, afirma a secretária adjunta do Procon-MT, Gisela Simona.

Atraso na entrega de mercadorias 

Empresas que vendem produtos pela internet (ou telefone) têm a responsabilidade de entregar as encomendas dentro da data estipulada no momento da compra. O consumidor, portanto, deve ficar atento se a data de entrega está clara e registrada por escrito, para que  os devidos direitos possam ser requeridos caso ocorra atraso.

Assim, a solução mais viável e segura para os fornecedores é procurar serviços de entrega alternativos aos Correios. Lembrando que o custo desse serviço pode ser repassado ao consumidor.

Procon-MT

você pode gostar também
Loading...