MPE arquiva inquérito contra policiais militares que após troca de tiros mataram assaltante – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informação a Todo Momento

MPE arquiva inquérito contra policiais militares que após troca de tiros mataram assaltante

Consta na promoção de arquivamento que os disparos que atingiram o assaltante se deram em razão tanto das circunstâncias fáticas envolvidas (roubo com extrema violência, verbalização não obedecida, troca de tiro anteriormente com os assaltantes, assaltantes fortemente armados, e etc).

Mato Grosso é o Estado que mais perde arrecadação com o comércio
Foto: Juinanews

A 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Juína promoveu o arquivamento de inquérito policial instaurado com o objetivo de apurar a conduta de policiais militares que resultou na morte do assaltante. O fato aconteceu em novembro do ano passado.

O entendimento do promotor de Justiça Dannilo Preti Vieira foi de que os militares agiram em legítima defesa. Na manifestação, o promotor de Justiça enalteceu a firmeza, retidão e destemor dos policiais militares no combate à criminalidade e também encaminhou cópia da manifestação ao VIII Comando Regional de Juína “para que se proceda averbação de elogio pela atuação dos policiais”. Requereu ainda que seja apurado em investigação sumária procedida por uma Comissão Especial o ato de bravura dos referidos militares.

Consta na promoção de arquivamento que “os disparos que atingiram o assaltante se deram em razão tanto das circunstâncias fáticas envolvidas (roubo com extrema violência, verbalização não obedecida, troca de tiro anteriormente com os assaltantes, assaltantes fortemente armados, e etc) quanto, notadamente, o disparo de arma de fogo realizado pelo assaltante Lucas Vinícius contra equipe local”.

O Fato

No dia 04 de agosto de 2018, um assalto a mão armada espalhou pânico e terror nos proprietários e funcionários de uma madeireira da cidade de Juína.

Na ocasião três bandidos planejaram um assalto audacioso na  madeireira faria o pagamento dos funcionários.

Os bandidos renderam os proprietários e funcionários do escritório e anunciaram o assalto, levando um malote de dinheiro, jóias e celulares de todos que se encontravam presente no local, inclusive um aparelho IPHONE com rastreador.

O proprietário comunicou a Polícia Militar e fez o rastreamento do aparelho que estava em posse dos assaltantes, onde os mesmos passaram a ser perseguidos pelos policiais, que os confrontaram e houve uma intensa troca de tiros, e um dos bandidos veio a óbito.

você pode gostar também
Loading...