Mãe pode estar fingindo sequestro para filho assassino escapar da polícia – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

Mãe pode estar fingindo sequestro para filho assassino escapar da polícia

A mulher teria entrado em contradição em seus depoimentos à Polícia Civil, colocando em xeque a versão de que o filho tenha sido sequestrado.

Matheus chegou a ser resgatado, mas morreu após quatro dias internado. RepórterMT/Reprodução

Mãe do menor S.R.B., de 17 anos – autor de um homicídio em Sorriso (a 420 km de Cuiabá) e, supostamente, sequestrado – pode estar mentindo para que o menor escape da punição de ter cometido um assassinato.

VEJA TAMBEM:  Acesso ao crédito rural auxilia produtores na compra de máquinas agrícolas

Matheus Cunha França, 20 anos, morreu na manhã de quinta-feira passada, 12. Ele passou quatro dias internado após ser atingido por tiros. Um dia antes, o menor S.B.B., 17 anos, teria sido sequestrado, supostamente, por ter sido o autor do homicídio. O boletim de ocorrência relatando o desaparecimento foi registrado pela mãe dele.

“Dois inquéritos foram instaurados. Um para apurar o homicídio e outro para investigar o suposto sequestro. A mãe entrou em contradição em alguns depoimentos e por isso precisamos ter cuidado na investigação para desvendar se houve o sequestrou ou estão tentando encobertar o autor do homicídio”, disse o delegado André Ribeiro.

Um dos principais pontos contraditórios na fala da mulher seria com relação ao número de sequestradores.  Ela havia dito que oito homens encapuzados e armados haviam sequestrado seu filho e entrado em um Fiat Uno.

VEJA TAMBEM:  Escola de Governo abre inscrições para curso online de Direito Constitucional

“Não cabe essa quantidade de pessoas no carro, depois ela disse que havia dois carros e, em outro momento, afirmou que eram apenas quatro sequestradores”, ressaltou o delegado.

A vida da família também coloca a versão do sequestro em xeque. Conforme apurado pelo , o menor desaparecido possui passagens criminais, assim como a mãe e o irmão dele, de 18 anos, que foi morto no início do ano. Além disso, a mãe seria conivente com as ações dos filhos.

Ainda conforme o delegado, a mulher afirmou que foi o filho de 17 anos quem matou Matheus. A motivação seria o fato de Matheus estar envolvido na morte do irmão mais velho dele, no início de 2017.

VEJA TAMBEM:  Sema apreende 124 kg de pescado em Várzea Grande

Ainda conforme o delegado, a mulher afirmou que foi o filho quem matou Matheus. Ele teria chegado em casa no dia dos disparos e afirmado ter matado Matheus.

RepórterMT

você pode gostar também
Loading...