Líder nega interferência do Governo nas ações da PJC para investigar prefeito – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região,

Líder nega interferência do Governo nas ações da PJC para investigar prefeito

O deputado líder de governo no Parlamento adiantou que vai aguardar maiores informações para falar sobre o assunto, porém, adiantou que não acredita em qualquer ação do governador neste sentido

Tecnologias para melhoria de pastagens serão mostradas em SinopO líder de governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), afirmou na manhã desta terça-feira (3), que não tem informação sobre a entrega de uma denúncia pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pìnheiro (MDB), contra a Polícia Civil e a Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), por suposto uso ilegal da máquina pública do Estado com o objetivo de prejudicar sua gestão no Executivo da Capital.

“Não sei se o presidente Botelho já chegou na Casa de Leis. Ontem (2) ele não estava”, disse o líder que se caso ocorreu algo neste sentido, “nada tem haver com o governador Mauro Mendes (DEM). A Polícia Civil é independente, o governo não interfere nas ações de lá”, disse o líder.

Pinheiro afirma, na denúncia que foi protocolizada na presidência da Assembleia Legislativa, que o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Demerval, pressionou os delegados da Defaz, Anderson Veiga e Lindomar Toffoli, para investigá-lo sobre a suposta compra de votos de vereadores para cassar o vereador Abílio Júnior (PSC).

O deputado líder de governo no Parlamento adiantou que vai aguardar maiores informações para falar sobre o assunto, porém, adiantou que não acredita em qualquer ação do governador neste sentido. Nesta terça-feira (3), conforme informações de bastidores, o assunto será tratado durante reunião do Colégio de Líderes da Assembleia Legislativa, que acontece a partir das 15 horas na presidência da Casa de Leis.

VEJA TAMBEM:  Vice-presidente Bicô encaminha pedido ao Dep. Estadual Moretto solicitando patrulha mecanizada junto a SEAF

O Documento

você pode gostar também
Loading...