ACOMPANHE📺

Líder de organização criminosa é preso após investigação da Polícia Civil

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum por envolvimento com uma facção criminosa que age no município foi preso na terça-feira (02.03), em Cuiabá, com apoio da Gerência de Polinter e Capturas da Polícia Civil.

F.F.L, de 29 anos, foi preso no bairro Tijucal, em Cuiabá. Ele responde a um inquérito instaurado pela DERF de Nova Mutum em 2020 para apurar os crimes de organização criminosa majorada, tortura majorada e roubo majorado em concurso de pessoas.

De acordo com a equipe da Polinter, durante o cumprimento do mandado de prisão, o investigado não acatou a ordem de prisão e tentou fugir dos policiais civis, que necessitaram empregar técnicas de imobilizações para conter o procurado da Justiça. Após a prisão, ele foi conduzido à sede da Polinter para os trâmites administrativos.

Investigação

Conforme a investigação, em setembro do ano passado, um adolescente foi apreendido pela delegacia especializada por ato infracional análogo a roubo majorado, quando roubou um celular de um transeunte, mediante emprego de arma de fogo.

Assine nosso boletim de Noticias

Durante a oitiva, o adolescente confessou o ato infracional e informou que, por ter roubado o celular, foi punido por membros da organização criminosa com intensas agressões físicas, sendo toda a ação violenta gravada em um vídeo, que foi compartilhado em grupos de whatsapp. Além das agressões, os criminosos exigiram que o adolescente entregasse o celular roubado a eles.

Outros cinco integrantes da facção, identificados durante a investigação, tiveram as prisões representadas à Justiça e os mandados cumpridos ainda no ano passado. Um criminoso ainda encontra-se foragido.

Além do mandado de prisão em desfavor do líder da facção, também foi dado cumprimento ao mandado de prisão de recaptura de um dos fugitivos da Cadeia Pública de Nova Mutum, ocorrido em 29 de janeiro.

PJC-MT

Notícias relacionadas