ACOMPANHE📺

Governo de MT e Prefeitura de Sinop definem local de funcionamento de nova Escola Militar

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, e o prefeito de Sinop, Roberto Dorner, definiram nesta quinta-feira (11.03) que a nova Escola Militar do Estado será instalada no prédio da Assessoria Pedagógica da Seduc no município.

Os trâmites para a criação da nova unidade escolar, que já deve entrar em funcionamento no segundo semestre deste ano, foram discutidos em uma reunião, realizada de forma online.

Alan Porto ressaltou que a Seduc-MT criou uma coordenadoria somente para tratar sobre escolas estaduais militares e que espera trabalhar em parceria com a Prefeitura de Sinop.

“Não existem muros entre as secretarias e a Seduc está totalmente à disposição para fazer o que é melhor para os estudantes de Mato Grosso”, disse.

Escola militar

Assine nosso boletim de Noticias

Conforme prevê a legislação estadual sobre o tema (Lei 11.273, de 21 de dezembro de 2020), por não se tratar de transformação de escola estadual em escola estadual militar, não haverá a necessidade de realização de audiência pública para debater o assunto.

Para receber a nova escola, prédio da Assessoria Pedagógica de Sinop vai precisar passar por adequações de infraestrutura que deverão custar aproximadamente R$ 85 mil, conforme levantamento da Secretaria de Obras municipal a pedido da Polícia Militar.

No prédio, atualmente há cinco salas que atendem 10 turmas da Escola Estadual Nilza de Oliveira Pipino, somando pouco mais de 220 alunos. A ideia é que, a partir da criação da escola, que sejam oferecidas a esses estudantes a chance de se matricularem na unidade militar.

O coronel Wesney Sodré, comandante da Polícia Militar na região, também participou da reunião e disse que a instituição está pronta para assumir a direção da escola e que os profissionais para a função já foram selecionados.

Nova reunião para discutir o assunto deve ser realizada na próxima semana, na sede da Seduc-MT, a fim de definir um cronograma para a criação da unidade.

Nas escolas militares, a área pedagógica e os professores continuam responsabilidade da Seduc.

Seduc-MT

Notícias relacionadas