ACOMPANHE📺

Fiocruz alerta para presença de variante Delta e UTIs cheias em MT

Boletim da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado na quinta-feira (5), alerta para o crescimento da presença de novas variantes da covid-19, como a Delta. Além disso, chama atenção para o aumento da taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tanto em Mato Grosso como Cuiabá.

O estudo alerta que a pandemia ainda não acabou e novos cenários de transmissão e risco podem surgir. Inclusive, afirma que o elevado patamar de risco de transmissão do vírus Sars-CoV-2 pode ser agravado pela maior transmissibilidade da nova variante e destaca a necessidade de combinar vacinação com o uso de máscaras, incluindo campanhas e busca ativa.

Outro alerta da Fiocruz é em relação ao rejuvenescimento da pandemia no Brasil. Novamente, as internações em leitos de UTI para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) estão maiores do que o número de idosos, incluindo o número de óbitos.

Assine nosso boletim de Noticias

Embora as taxas de ocupação de leitos de UTI para adultos no SUS continuem melhorando, Mato Grosso encontra-se em uma perigosa estatística. Segundo o estudo, o estado destaca-se negativamente com a expressiva elevação de ocupação, que saltou de 63% para 79%. Cuiabá também está nesse cenário, pois as UTIs subiram de 55% para 74%.

“É fundamental o esquema vacinal completo para todos os elegíveis, a fim de proteger contra os casos graves e óbitos por Covid-19, incluindo os relacionados à variante Delta, além da necessidade de ampliar e acelerar a vacinação”, afirmam os pesquisadores da Fiocruz.

Vitória Lopes

Notícias relacionadas