Especialistas participarão do 1º Fórum Mato-grossense em Promoção da Saúde – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informação a Todo Momento

Especialistas participarão do 1º Fórum Mato-grossense em Promoção da Saúde

O 1º Fórum Mato-grossense debaterá a Política Estadual de Promoção da Saúde, que tem o objetivo de fortalecer uma atuação que já é substancialmente positiva.

Casal de traficantes é preso com drogas, munições e dinheiro na Capital
O evento reunirá teóricos de referência na área da Promoção da Saúde – Foto por: Ana Lazarini / SES-MT

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), realiza o 1º Fórum Mato-grossense em Promoção da Saúde, durante os dias 6, 7 e 8 de novembro, no Hotel Fazenda Mato Grosso. O evento reunirá teóricos de referência na área da Promoção da Saúde e englobará assuntos que dialogam com o cotidiano da população.

Os debates percorrerão temas diversos, como a sustentabilidade, a cultura da paz e as políticas efetivas em Promoção da Saúde e serão conduzidos por especialistas de cada área. Dentre os convidados, o professor e doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Ricardo Ceccim, que dará início à primeira conferência magna do evento e discorrerá sobre a “Educação Permanente e as perspectivas para o fortalecimento das ações em Promoção da Saúde”.

De acordo com ele, o Fórum é uma oportunidade para a construção plural e multifacetada da Política Estadual de Promoção da Saúde, que reunirá diretrizes e estipulará objetivos para o Estado.

“Durante sua construção, é positivo que a política seja conversada, compartilhada. Eu defendo que quando temos uma proposta de política, que a gente abra esse espaço de conversa. Dá para dizer que o Sistema Único de Saúde (SUS) inventou isso desde as conferências temáticas, como a da saúde da mulher, saúde do trabalhador, saúde mental. É uma maneira de dizer que cada temática merece uma conversa com a sociedade”, avaliou.

VEJA TAMBEM:  Empresas devem tornar públicas condições para liquidação antecipada de débito

Para Ceccim, a iniciativa da gestão estadual reflete o entendimento que o Governo tem sobre a importância da saúde que reside no cotidiano, nos hábitos, e que vai muito além da gestão hospitalar.

“Neste momento, a SES-MT está se dispondo a mediar uma conversa com o tema da Promoção da Saúde. Também acho que [a secretaria] está dizendo: ‘esse outro componente, que não é o tratamento, vamos falar sobre isso?’. Falamos das modalidades de tratamento, mas precisamos falar de Promoção e Educação em Saúde”, destacou o especialista.

Casal de traficantes é preso com drogas, munições e dinheiro na Capital

Doutor em psicologia clínica e com pós-doutorado em antropologia médica, o professor explicou que a educação permanente atua no aprimoramento da prática profissional e atenta os trabalhadores para outros eixos que também estão relacionados à saúde e ao bem-estar da população.

“A Escola de Saúde Pública, por exemplo, é um equipamento específico do SUS e da educação dos profissionais; é um lugar em que formamos profissionais, podendo capacitá-los, inclusive, para fazer as práticas integrativas e de promoção na rede de serviços. Tudo isso é um processo educativo. Mudar práticas é um processo educativo”, pontuou.

Mato Grosso

De acordo com a coordenadora de Promoção e Humanização da Saúde da SES-MT, Rosiene Pires, o Estado de Mato Grosso registra excelentes índices em programas voltados para o Enfrentamento do Tabaco, o Bolsa Família, a Saúde na Escola, a Academia da Saúde e o Aleitamento Materno.

Para que este cenário seja aprimorado, o 1º Fórum Mato-grossense debaterá a Política Estadual de Promoção da Saúde, que tem o objetivo de fortalecer uma atuação que já é substancialmente positiva. Por meio do Encontro Mato-grossense de Experiências Bem-sucedidas em Promoção da Saúde, que acontecerá durante o Fórum, também haverá a troca de saberes e experiências para o fortalecimento das ações de Promoção da Saúde.

VEJA TAMBEM:  Professores e representantes de pais solicitam apoio de vereadores e sugerem nomes para a nova Escola Municipal

“Quando pensamos neste primeiro Fórum, pensamos em fazer um encontro de saberes e diálogo. Desejamos que a Política Estadual seja construída por várias mãos e, neste contexto, os congressistas também poderão contribuir com as suas experiências científicas e auxiliarão na relação entre a teoria e a prática”, explicou a gestora.

O saldo deste Fórum será compilado na “Carta Mato Grosso para a Promoção da Saúde”, documento que reunirá as diretrizes para o avanço das políticas de promoção da Saúde no estado. “Essa carta englobará todos os tópicos e temas que a política traz”, concluiu a coordenadora.

Serviço

Realizado pela SES-MT, o 1º Fórum Mato-grossense em Promoção da Saúde ocorrerá durante os dias 6, 7 e 8 de novembro, no Hotel Fazenda Mato Grosso. Além de Ricardo Ceccim, participarão do primeiro dia de evento Dais Gonçalves Rocha, da Universidade de Brasília (UNB); Laura Cury, representante da ACT Promoção da Saúde; Andréa Cardoso, do Programa Nacional de Controle do Tabagismo; Eliane Jeronimo, Coordenadora de Ensino, Pesquisa e Extensão da SES-MT; o reitor da Unipaz de Brasília e escritor, Roberto Crema; e o professor e doutor Marcos Aurélio da Silva, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Para acessar a programação completa do evento, clique aqui

você pode gostar também
Loading...