ACOMPANHE📺

Equipe de escola de Cuiabá percorre mais de 200 km para entregar kits de alimentação escolar

Em duas semanas de junho, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) entregou 51.400 kits de alimentação escolar aos estudantes da rede estadual de ensino de Mato Grosso. Os produtos foram preparados e distribuídos pelos gestores das unidades escolares, com a colaboração dos técnicos e apoio educacional. Os pais estão sendo informados pelos gestores que fazem o agendamento da entrega para evitar aglomeração.

O coordenador de Alimentação Escolar da Seduc, Hesloam Maia, esclarece que nem todas as famílias receberam o kit ainda, uma vez que os diretores das escolas fazem a compra e preparam os kits e também a entrega.

Em Cuiabá, a Escola Estadual Filogônio Corrêa preparou um esquema especial para fazer a entrega nas comunidades rurais. Localizada na Comunidade da Guia, na Capital, a unidade escolar possui salas anexas em comunidades próximas. Foram quatro veículos para transportar os 55 kits para os locais mais distantes onde funcionam as unidades escolar. Os pais já estavam aguardando, conforme agendamento.

Os veículos percorreram mais de 200 quilômetros – sendo a maior parte em estrada de chão – para chegar até as salas anexas ou mesmo na casa dos pais, pois muitos não poderiam ficar até à noite aguardando a comitiva.

“Utilizamos uma camionete e três automóveis lotados com os kits, para atender os alunos das salas anexas da EE Filogonio Corrêa, nas comunidades circunvizinhas do Distrito de Aguaçu como Bandeiras, Machado, Monjolo, Mineira, Marcolana e outras. Algumas regiões distantes a mais de 30 quilômetros das salas anexas em Aguaçu, onde esses alunos estudam e distantes a cerca de 60 quilômetros da Sede da escola no Distrito da Guia. Daí a necessidade de montar uma logística maior”, destaca a diretora Joelma Adriana Teixeira.

Conforme Adriana, foram 110 kits para famílias com alunos matriculados nas salas anexas. Na sede da escola foram distribuídos 270 kits da segunda etapa. Em abril, foram entregues 150 conjuntos.

Mais e maior

Segundo o Hesloam Maia, o segundo kit é mais diversificado já que estão inclusos produtos da agricultura familiar. O kit é composto de arroz, feijão, leite, alface, mandioca, laranja, banana e frango. O valor do segundo kit, assim como o primeiro, foi estimado em R$ 45,00 cada. “A intenção é aproximar os kits da alimentação servida nas unidades escolares”, destaca Hesloam Maia.

O pagamento dos kits de alimentação escolar será feito com os recursos financeiros do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), conforme Artigo 2º da Resolução nº 02 de 2020 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 

Notícias relacionadas