Empaer comemora 55 anos de atividades em parceria com o agricultor familiar – MEDIO NORTE NOTICIAS
Informações a Todo Momento, de Nova Mutum, Brazil. Site de Noticias de Nova Mutum e Região do Medio Norte Matogrossense. Nova Mutum, Noticias, festas, policia, acidente, cidade, emprego, entretenimento, fotos, economia, agricultura, informação, Mato Grosso, Nova, Mutum, Mato, Grosso, Política, Prefeitura, Câmara, esporte, jovem, tempo, real, bombeiros, rodovia, trânsito, delegacia, Militar, Civil, Prisão, Arma, Fogo, centro oeste, biodiesel, industria, dinheiro, telefone, falecimento, vagas de emprego, vagas, BR-163, Km 600, MT-249, MT-235, Ranchão, Pontal do Marape, ginásio, jogos, escola, qualidade de vida, comercio, empresa, prédio, saúde, hospital, prefeito, vereador, eleição, bombeiros, lago, chafariz, Balada, Danceteria, Show, Fotos, Cobertura de Eventos, Informando Nova Mutum, Região, notícias de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Cuiabá e Região, noticias policiais medio norte mt, notícias nova mutum

Empaer comemora 55 anos de atividades em parceria com o agricultor familiar

A agricultura e pecuária são atividades relevantes, especialmente por constituírem a base da geração de emprego, renda e da movimentação da economia dos municípios.

Com atuação em 135 municípios do Estado, a empresa atende por ano 45 mil produtores rurais

A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) comemora no dia 15 de setembro (domingo), 55 anos de existência, mantendo o seu princípio de incentivar o desenvolvimento rural e difundir novas tecnologias para os pequenos e médios produtores a fim de gerar e garantir o desenvolvimento econômico das famílias rurais. Com atuação em 135 municípios do Estado, a empresa atende por ano 45 mil produtores rurais e está presente em 266 assentamentos e 931 comunidades rurais.

A Empaer é uma empresa pública do Estado de Mato Grosso, vinculada a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (Seaf) e que tem como missão gerar conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural com prioridade à agricultura familiar. A agricultura e pecuária são atividades relevantes, especialmente por constituírem a base da geração de emprego, renda e da movimentação da economia dos municípios. De acordo com um estudo realizado pelos técnicos da Empaer dos 104 mil agricultores familiares, 30% dos agricultores exercem a pecuária de leite como atividade econômica, seguindo para fruticultura, olericultura, mandiocultura, piscicultura, cafeicultura e outras.

 A empresa está presente em 266 assentamentos e 931 comunidades rurais.

VEJA TAMBEM:  Cartório de Nova Mutum e mais dois, poderão emitir documento de identificação

A empresa possui 642 empregados, um corpo técnico multidisciplinar composto por especialistas, mestres e doutores que atuam em um escritório central, nove escritórios regionais, 138 escritórios locais, três Centros Regionais de Pesquisa, quatro Viveiros, seis Campos Experimentais e um Núcleo de Laboratórios. O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, fala que nesses 55 anos de história e trabalho a “Serviço da Família Rural”, as ações da empresa sempre estiveram focadas nas políticas de inclusão social e no desenvolvimento sustentável da agricultura familiar.

Loffi destaca que em 2019 a empresa entra em uma fase de reestruturação com a implantação do Plano de Demissão Voluntária (PDV) instituído pelo governo do Estado. Além disso, a empresa está modernizando os sistemas de monitoramento das atividades com uma plataforma digital para armazenar via web os dados dos agricultores familiares e também acompanhar a eficiência dos técnicos no trabalho no campo, já tendo cadastrado 6.500 agricultores. A previsão é de que até o final de 2020, a empresa tenha um retrato preciso da agricultura familiar no Estado de Mato Grosso.

Presidente Renaldo Loffi, destaca as políticas de inclusão social e o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar.

Será possível, com a ferramenta, fazer um diagnóstico integrado da área do produtor e da atuação do técnico da Empaer junto às propriedades atendidas. Paralelamente ao sistema, que  já está em operação, está sendo desenvolvido um aplicativo para atender o produtor rural de forma mais interativa e eficiente.

VEJA TAMBEM:  Força Tática prende 5 suspeitos de tráfico de drogas em Sinop

Nesse primeiro ano de governo, o presidente fala que a empresa tem feito parcerias para atender o produtor rural. Ele cita como exemplo o termo de cooperação técnica com a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), e Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) para Melhoria Genética do Rebanho Bovino de Mato Grosso (Pró-Genética). Também está em negociação uma parceria com o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia (Codema), para prestação de assistência técnica e extensão rural aos produtores rurais da região Leste do Estado.

Além destes, foram elaborados e encaminhados três projetos para a Superintendência do Desenvolvimento para o Centro Oeste (Sudeco). Um deles com o objetivo de apoiar o desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Frutas, Legumes e Verduras (FLV) nos 14 municípios do Vale do Rio Cuiabá, outro para desenvolver as cadeias produtivas do leite e da piscicultura em regiões de fronteira e também as culturas do feijão e de outras leguminosas de grão seco (pulses) no Médio Araguaia. “A expectativa é que a empresa seja, nos próximos anos, mais eficiente e que possa levar aos agricultores familiares tecnologia que garanta a produção,  a comercialização e renda da família”, ressalta Loffi.

VEJA TAMBEM:  PM prende jovem de 23 anos suspeito de tráfico de drogas em Nova Mutum

A importância da Empaer para o desenvolvimento da agricultura em MT

Durante mais de cinco décadas, a Empaer preservou a essência do seu trabalho, que é o compromisso com o desenvolvimento das comunidades rurais e das famílias de agricultores. De acordo com relatório elaborado pelos pesquisadores da Empaer, na década de 70 a agricultura recebeu um impulso com o trabalho em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa, Agropecuária (Embrapa) com o cultivo do arroz, soja e algodão. A cultura do arroz começou nas regiões de Arenapólis e Diamantino, e em 1982 os pesquisadores lançam a primeira publicação sobre a introdução e avaliação de cultivares e linhagens de arroz de sequeiro no Estado.

A empresa foi ainda pioneira na condução dos campos experimentais de soja nas fazendas Sete Placas, no município de Diamantino, e na Guarita, em Rondonópolis. Em parceria com a Embrapa foram avaliados as cultivares Doko, IAC-6, IAC-7, Tropical e outras.

Em 1984, foram conduzidos os primeiros trabalhos de pesquisa com a cultura do algodão, com a avaliação de 20 cultivares. O avanço da cultura aconteceu em 1996 a partir da parceria da Empaer, Embrapa e Fundação Mato Grosso, que permitiu o lançamento das cultivares Antares e BRS Facual.

Segundo o relatório dos pesquisadores, além da contribuição no estabelecimento das culturas de arroz, soja e algodão, a Empaer teve como foco pesquisar o desenvolvimento da agricultura nos três biomas: Cerrado, Pantanal e Amazônia.

Empaer-MT

você pode gostar também
Loading...