ACOMPANHE📺

Custos de produção sobe para R$14.2 mil/ha em MT

Os custos de produção para o algodão da safra 21/22 em Mato Grosso apresentaram nova alta, segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). Em setembro, o custo operacional efetivo chegou a R$ 14.201,88/ha, alta de 2,27% ante a agosto, devido à alta nos custos com fertilizante e corretivo (+7,05%) e dos defensivos (+1,90%).

A valorização desses insumos é reflexo da demanda aquecida e a oferta limitada, que, por sua vez, foram causadas pela instabilidade do fornecimento dos insumos devido às sanções impostas pelos EUA sobre a Bielorrússia. Para se ter uma ideia do reflexo da alta no preço, a relação de troca do principal fertilizante da cultura, o KCL, vem apresentando ampliação desde o mês de junho e só exibiu a primeira queda desde então em set.21, devido à forte alta no preço da pluma.

Desse modo, para o produtor adquirir uma tonelada do KCL são necessárias 30,61 @ de pluma, elevação de 75,58% ante o mesmo período da safra passada, quando essa relação era de 17,44 @. Por fim, o produtor que deixou para comprar a maior parte dos insumos neste período poderá ter sua margem mais estreita nesta safra.

Agrolink

Notícias relacionadas