ACOMPANHE📺

CPI da APAE pede afastamento do presidente da associação

Apuração fundamentada com depoimentos e documentos fazem parte do relatório assinado pelo vereador Adriano Correa (PSB)

Para quem achou que acabaria em pizza, a atual composição da câmara de vereadores de Diamantino está prestando contas do trabalho que por sinal realizou uma relatorio muito bem elaborado e detalhado.

Na sessão desta segunda feira (02) o plenário da câmara tomou ciencia de um extenso relatório final da Comissão Parlamentar de Inquerito que investigou várias denuncias apuradas e contando inclusive com depoimentos comprobatorios de irregularidades envolvendo o atual presidente da APAE de Diamantino e o ex-vice presidente.

Entre as conclusões jogou para o colo do prefeito Manoel Loureiro (MDB) parte do que deve ser feito e no relatorio estão o pedido de suspensão do repasse de 26 mil reais que a prefeitura realiza mensalmente para a APAE até que seja afastados o presidente e seus familiares da diretoria da APAE de Diamantino.

No relatório fala-se em crime de peculato e pede que seja encaminhado o relatorio ao ministério publico estadual visto que possui recurso do estado envolvidos via SEDUC-MT.

Assine nosso boletim de Noticias

Agora falta a câmara que tem outra investigação em andamento agir ou tornar publico o que foi feito até o momento referente a suposta quebra de decoro praticado por um vereador com agressão em sua esposa.

Nos corredores da câmara existe comentários de outras associações que recebem dinheiro publico com suspeitas de irregularidades.  inclusive já esta sendo analisado a criação da CPI do Hospital.

O DIVISOR

 

Notícias relacionadas