ACOMPANHE📺

Corpo de Bombeiros comemora 57 anos com homenagens a quem fez história da corporação

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) completou 57 anos de fundação em Mato Grosso. Para celebrar esta data, foi realizada na manhã desta sexta-feira (20.08) uma solenidade na sede da corporação, presidida pelo comandante-geral dos Bombeiros, coronel Alessandro Borges Ferreira, com a participação do secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

A cerimônia teve a presença de cerca de 50 militares, entre tenentes, tenentes-coronéis, majores, além de familiares convidados. Três bombeiros pioneiros foram homenageados com a medalha ‘Imperador Dom Pedro’ pelo bravo trabalho prestado à corporação durante uma época em que não havia auxílio de mecanismos tecnológicos.

“Para comemorar o presente é muito importante resgatar o passado; há 57 anos criamos a primeira unidade em Cuiabá, na região central. Após três anos, vieram outras duas unidades, sendo uma em Corumbá e outra em Campo Grande. Imagina como era a dificuldade enfrentada pelos nossos guerreiros, naquela época, sem os recursos atuais da tecnologia, todo o trabalho era feito com muita vontade e muita técnica para servir à sociedade”, disse o coronel Alessandro Borges Ferreira.

Ainda de acordo com o comandante-geral ao longo desses 57 anos a corporação vem evoluindo, com orçamentos fortes para reequipar, capacitar e oferecer maiores condições para atender Mato Grosso. Diversos trabalhos são realizados, principalmente no atual momento de estiagem, período em que 1.310 militares estão empenhados de forma direta e indireta para combater incêndios florestais e urbanos em Mato Grosso.

O secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, destacou que os bombeiros são uma das instituições com maior credibilidade em Mato Grosso, no Brasil e no mundo. “São diversos e excelentes trabalhos prestados ao longo desses 57 anos do Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso. Estão sempre presentes para resolver as maiores e mais graves necessidades”.

Assine nosso boletim de Noticias

O CBM foi criado por decreto como Batalhão de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, em 19 de agosto de 1964, e efetivado em 1967. Em 1994 se tornou independente da Polícia Militar.

Investimentos na estrutura do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso

O Governo de Mato Grosso vem realizando investimentos para melhoria e modernização das unidades prediais do CBMMT. Conforme o secretário de Segurança Pública, além dos novos prédios, há um investimento de quase 30 milhões na aquisição de equipamentos, uma realidade que projeta o Estado na esfera nacional, sendo referência para os demais.

Outro importante investimento anunciado pelo Estado é o concurso público que vai fortalecer ainda mais o quadro de militares na corporação. A abertura do edital está prevista para este semestre.

Para fortalecer o trabalho dos Bombeiros na resposta aos incêndios florestais de 2021, foram abertas duas novas unidades em Mato Grosso.

Em janeiro de 2021, foi entregue o 1º Pelotão Independente Bombeiro Militar na cidade de Poconé, com investimentos de R$ 2,6 milhões para atuar na preservação do Pantanal.

Outra unidade aberta, foi o 2º Pelotão Independente no município de Santo Antônio de Leverger (distante a 35 km de Cuiabá). Resultado da parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Prefeitura Municipal e a iniciativa privada. Cerca de 30 mil moradores serão beneficiados com a nova sede.

A solenidade contou com a presença do comandante-geral adjunto, coronel BM Ricardo Antônio, o corregedor-geral do CBMMT, coronel BM Dércio Santos, o diretor operacional, coronel BM Agnaldo Pereira, o diretor de Segurança Contra Incêndio e Pânico, Coronel BM João Rainho.

Outras autoridades presentes foram o assessor especial, coronel BM Abadio, o diretor de Administração Institucional e DGE, coronel BM Paulo Correia, o diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa, coronel BM Flávio Gledson Viera. Da reserva remunerada, estiveram presentes o coronel BM Sidney Rodrigues e os ex-comandantes-gerais coronel BM Carlos Alexandre e coronel BM Clarindo Vicente.

Secom-MT

Notícias relacionadas