Cliente denuncia e posto é interditado por bomba adulterada

A delegacia recebeu denúncia de um consumidor que desconfiou da quantidade de gasolina abastecida em seu veículo em relação à que foi registrada na bomba do posto

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), e o Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem) realizaram ação conjunta na manhã desta quinta-feira (17.09), em um posto de combustíveis em Cuiabá.

A delegacia recebeu denúncia de um consumidor que desconfiou da quantidade de gasolina abastecida em seu veículo em relação à que foi registrada na bomba do posto, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Durante a fiscalização, os policiais civis e fiscais do Ipem constataram que um dos bicos de gasolina do posto estava com a vazão inferior ao limite máximo permitido pela legislação, prejudicando os consumidores. Ainda durante a ação, foi verificada que uma das bombas do posto estava com os dois lacres do painel rompidos.

VEJA TAMBEM
1 De 36
Assine nosso boletim de Noticias

Diante das irregularidades, o bico de combustível que apresentou vazão irregular foi interditado, o painel da bomba novamente lacrado e o posto de combustível autuado pelo Ipem. A gerente do local foi conduzida à Decon para prestar esclarecimentos.

A Polícia Civil instaurou inquérito policial e investiga a eventual responsabilidade criminal dos representantes legais do posto de combustíveis.

ASCOM

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

banner slide 300X100 (4)
LEIA TAMBEM
Assine nosso boletim de Noticias
Inscreva-se aqui para receber as últimas notícias diretamente em sua caixa de entrada.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...