ACOMPANHE📺

Cidades decretam quarentena, toque de recolher e proíbem festas

O aumento de contágios pela covid-19 em Mato Grosso tem provocado mudanças na postura das autoridades locais frente à pandemia. Nesta semana, 3 cidades baixaram novos decretos com medidas mais restritivas para barrar a disseminação do vírus, a exemplo da instituição da quarentena, do toque de recolher e da proibição de festas.

Na segunda-feira (17), a cidade de Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá) decretou a quarentena obrigatória em todo o território municipal pelo período de duas semanas.

 

No decreto nº 6/2022, a prefeitura destaca que a medida poderá ser prorrogada caso seja necessário. Ainda na normativa, o Executivo municipal garante que as atividades e serviços podem continuar a ser prestados sem restrição de horários, desde que obedecendo as normas de biossegurança.

Caso haja descumprimento das medidas, a pessoa que desobedecer ao decreto será multada em R$ 500. Para empresas, a multa é de R$ 10.000.

Já na terça-feira (18), a cidade de Nova Bandeirantes (1.028 km ao norte de Cuiabá) baixou o decreto nº 21/2022 no qual proíbe a realização de eventos de qualquer natureza no município.

“As práticas de eventos de qualquer categoria e em qualquer atividade comercial, com show e/ou música ao vivo estão expressamente proibidas, no âmbito do Município de Nova Bandeirantes/MT; II. – Festas de qualquer natureza – exemplo: festas de casamento, aniversário, etc – estão expressamente proibidas, no âmbito do Município de Nova Bandeirantes/MT. III. Ficam paralisados quaisquer torneios desportivos”, narra trecho do decreto.

No mesmo dia, a prefeitura de Jangada (80 km ao norte de Cuiabá) também decretou novas medidas de enfrentamento à pandemia. Além da exigência de isolamento domiciliar de pessoas infectadas, o município determinou que a população restrinja a circulação.

O toque de recolher vale para todo o território e limita a circulação entre às 22h e às 5h. A única exceção à medida é para pessoas, prestadores de serviços ou consumidores de atividades e serviços que têm liberação para funcionamento além do horário máximo permitido.

Aumento da Covid

Conforme noticiado pela reportagem, a pandemia da covid em Mato Grosso chegou a apresentar queda ao longo do último ano. Contudo, os números de novos casos e mortes diárias voltou a crescer nas primeiras semanas de 2022, após as festividades de final de ano.

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, na tarde de terça-feira (18), Mato Grosso registrou até o momento 582.373 contágios, dos quais em 550.931 casos as pessoas se recuperaram. Contudo, em 14.144 ocorrências as vítimas não resistiram e morreram por conta de complicações.

Dados do último boletim apontaram que 14 mortes e 2.879 contágios foram registrados em 24 horas. Os números são muito superiores a patamares anteriores, sobretudo quando comparado aos períodos em que Mato Grosso não registrava novos óbitos por dia e o montante de novos casos estava abaixo de mil diários.

Gazeta Digital

Notícias relacionadas

https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js