Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

ECONOMIA

Governo Pedro Taques aumentou orçamento da saúde para os municípios

Governo Pedro Taques aumentou orçamento da saúde para os municípios

CIDADES, DESTAQUES, ECONOMIA, POLÍTICA, SAÚDE, SOCIAL
Cumprindo um compromisso firmado na campanha de 2014, o governador Pedro Taques revogou a lei 9.870 e aumentou os repasses financeiros para os municípios investirem em atenção básica. De R$ 20,5 milhões em 2015, o valor saltou para 56,8 milhões em 2017, um aumento de 177% em três anos. Em 2017 o orçamento da saúde chegou a R$ 1,3 bilhão. O tema foi abordado pelo candidato à reeleição em entrevista nesta semana. “O fortalecimento e modernização da saúde tem sido um dos maiores desafios da nossa gestão, diante da redução dos repasses do governo federal ao setor e da crescente demanda por saúde pública. Foi por isso que revogamos a lei que reduzia pela metade os repasses aos municípios. Com isso, praticamente triplicamos investimentos em atenção primária. Temos um longo caminho para dar o
Prefeitura de Nova Mutum reformará pontes de madeira para melhorar fluxo na área rural

Prefeitura de Nova Mutum reformará pontes de madeira para melhorar fluxo na área rural

DESTAQUES, ECONOMIA, NOVA MUTUM, POLÍTICA, RODOVIAS
A prefeitura deve iniciar, em breve, reformas de pontes de madeira nas áreas rurais. Os serviços serão contratados eventualmente e executados, conforme a demanda, por uma empresa, que será contratada por meio de registro de preços. Os serviços incluem a substituição de alas/caixão para aterro, de pilares, vigas, “pranchão” de assoalho, além do fornecimento e implantação de placas de sinalização, execução de aterro e lombada. O investimento, caso todos os itens sejam contratados, é estimado em R$ 438 mil. Na justificativa do certame, a prefeitura alegou que a execução do serviço “se faz necessária devido ao grande fluxo de veículos pesados ao longo do ano nas áreas rurais, escoamento das safras de grãos e transporte escolar que trafegam nessas regiões, onde há a deterioração das po
Pedro Taques garante que não irá prorrogar o Fethab 2

Pedro Taques garante que não irá prorrogar o Fethab 2

CIDADES, DESTAQUES, ECONOMIA, HABITAÇÃO, POLÍTICA, RODOVIAS
O governador Pedro Taques (PSDB) não irá reeditar a Lei 10.480, que criou o Novo Fundo Estadual de Transporte e Habitação, o chamado Fethab 2. O compromisso foi firmado nesta quinta-feira (18.08) durante encontro com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso, Normando Corral, e presidentes e associações de sindicatos rurais do Estado. Criado em dezembro de 2016, o dinheiro dessa contribuição adicional do setor produtivo foi todo utilizado para ações na infraestrutura, e chegará a R$ 900 milhões nos dois anos de vigência (2017 e 2018).  A medida foi necessária diante da crise econômica que vivia o país e que afetou as contas do Estado e também diante da necessidade de aumentar os investimentos em ações básicas. Com a não prorrogação, o Fethab 2 acaba em
Empresa confisca 38 viaturas da PM por falta de pagamento do governo

Empresa confisca 38 viaturas da PM por falta de pagamento do governo

CIDADES, DESTAQUES, ECONOMIA, POLÍCIA MILITAR
A Polícia Militar teve pelo menos 38 viaturas confiscadas por uma das empresas que as aluga para o Governo do Estado. Cuiabá e Várzea Grande foram as cidades que tiveram a maioria das ‘apreensões’. Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) confirma a situação e explica que "está envidando esforços para cumprir todos os pagamentos necessários para manter os serviços prestados ao cidadão". Segundo o que foi apurado, as empresas que alugam os carros estão aguardando que os veículos sejam levados para manutenção para que sejam confiscados e não mais devolvidos para a Polícia Militar. No total, o atraso no pagamento seria de cinco meses. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou que "está envidando esforços para cumprir todos os pagamentos necessários para
Vendas de carne bovina crescem 11% e somam US$ 3,5 bilhões

Vendas de carne bovina crescem 11% e somam US$ 3,5 bilhões

AGRONOTÍCIAS, CIDADES, DESTAQUES, ECONOMIA
Com certificado de sanidade e produzida com sustentabilidade, a carne bovina brasileira entrou em mais de 135 países, em 2017, totalizando 1,5 milhão de toneladas e divisas de US$ 6,1 bilhões. Já no acumulado de janeiro a julho deste ano, o Brasil vendeu 844 mil toneladas, acréscimo de 8,3% em comparação ao igual período do ano passado, representando US$ 3,5 bilhões (+11,1%). De acordo com os dados da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, os principais mercados importadores da proteína animal produzida pelo Brasil, até julho deste ano, foram Hong Kong, China, Egito, Chile, Irã, Estados Unidos e Alemanha. O destaque do período foi a China, com alta de 56,4% (US$ 729 milhões) no valor importado do Brasil, com 158 mil
SUPERPEÇAS