ACOMPANHE📺

Bope homenageia 50 personalidades com honraria ‘Mérito Operações Policiais Especiais’

A solenidade de aniversário dos 33 anos do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) homenageou 50 autoridades entre civis e militares com a entrega da medalha ‘Mérito Operações Policiais Especiais’. O evento ocorreu na noite desta segunda-feira (30.08), na sede da unidade, em Cuiabá.

O evento teve como anfitrião o comandante do Bope, tenente-coronel Ronaldo Roque, e contou com a presença do comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, e do secretário de segurança pública, Alexandre Bustamante.  O coronel Assis destacou o preparo técnico dos policiais ‘caveiras’ e agradeceu pela excelente atuação das equipes da unidade na Operação Nova Bandeirantes; uma das maiores ações da PM que perdurou por 58 dias no interior do Estado.

“Quero agradecer esses valorosos policiais do Bope, profissionais abnegados que servem e vivem em prol das operações especiais. Queremos agradecer as famílias dos nossos operadores, porque as nossas missões só têm data para iniciar”.  A ‘Operação Nova Bandeirantes’ durou 58 dias interruptos, lembrou Assis.

Um dos mais antigos “caveiras” da unidade, o atual comandante do Bope, tenente-coronel Ronaldo Roque, destacou que ao longo dos anos o Bope passou por importantes transformações. Tenente-coronel Roque recebeu a comenda Filinto Muller da Assembleia Legislativa das mãos do deputado estadual Elizeu Nascimento.

“Há 33 anos o Bope vem desempenhando papéis relevantes dentro da segurança pública. O trabalho é intenso e a busca pela evolução faz desta unidade uma referência em operações policiais especiais no estado e no país” afirmou o comandante da unidade. Além da entrega da medalha “Mérito Operações Policiais Especiais”, o Bope inaugurou a Galeria dos Vitoriosos tenente-coronel Evane Caveira 04; militar que faleceu em decorrência de um câncer em abril.

Assine nosso boletim de Noticias

A unidade especializada é subordinada ao Comando Especializado da PM (Cesp), criada no ano de 1988, o Bope possui hoje uma tropa especializada composta por 118 militares preparados para atuarem em ocorrências de maior complexidade e potencial ofensivo, como roubo a banco, tráfico de drogas, assalto com refém, além das ações criminosas envolvendo o uso de artefato explosivo.

Além das autoridades já citadas, participaram da cerimônia de aniversário o secretário estadual de planejamento e gestão Basílio Bezerra; deputado estadual Wilson Santos; o comandante-geral da PM de Mato Grosso do Sul, coronel Marcos Paulo Gimenez; dentre outras importantes personalidades. O Bope completou 33 anos no mês de fevereiro, mas devido a pandemia da Covid- 19, a celebração da data foi adiada.

Secom- MT

Notícias relacionadas