ACOMPANHE📺

Adolescente de 15 anos é morta por não aceitar fugir com o namorado

Em mais um caso de femincídio no Pará, a jovem Shirley Brenda da Silva, de apenas 15 anos, foi morta a tiros por seu namorado, identificado como Junior Ferreira da Silva, em Melgaço, município que compõe o Arquipélago do Marajó. Antes mesmo do sol nascer no município, a jovem foi assassinada por ter se recusado a fugir com o parceiro, que era procurado por vários crimes.

Conforme informou a 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o crime foi por volta de 5h. A guarnição em rondas no raiar do dia foi informada pela Guarda Municipal que na rua Wilson Ribeiro, no centro de Melgaço, havia ocorrido um homicídio. Chegando lá, os PMs constataram que a vítima era uma mulher, morta pelo companheiro que também é conhecido como “Junior do Periquito”.

Segundo a PM, parentes da adolescente, abalados com a morte de Shirley, contaram que o assassino é autor de diversos crimes de furtos e roubo na cidade. Na madrugada desta segunda-feira, após uma nova série de crime, Junior queria fugir e levar Shirley contra sua vontade.

Como a jovem teria se recusado a ir com ele, pois não queria se afastar de sua família para viver no mundo criminoso de seu namorado, Junior teria atirado contra ela usando uma espingarda e fugido em seguida. A arma usada para tirar a vida da adolescente foi encontrada no local do crime. A PM isolou a área até a chegada da Polícia Civil, que conduziu os procedimentos legais.

Ainda segundo a 22ª CIPM, o pelotão que atua em Melgaço segue no encalço do assassino, que foi visto em uma área de mata, cercada por agentes que acreditam que, em breve, devem prendê-lo.

Assine nosso boletim de Noticias

Pela tarde, uma passeata foi organizada por movimentos em defesa dos direitos da mulher no município marajoara, pedindo justiça para o caso da morte de Shirley.

ND+

Notícias relacionadas