Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PRF apreende cerca de R$ 96 mil e detém três pessoas por crime eleitoral no MT

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, às 23h59 deste domingo (07), a Operação Eleições 2018 realizada nas cinco rodovias federais que cortam o Mato Grosso. Iniciada na última sexta (05), as ações buscaram não só garantir a segurança dos eleitores que pegaram a estrada até seus locais de votação, mas principalmente coibir os crimes eleitorais.

Dentre as condutas consideradas crime pela legislação eleitoral, os agentes flagram três pessoas transportando dinheiro em espécie que supostamente seriam utilizados para compra de votos, totalizando R$ 96,4 mil. A primeira apreensão foi feita nas primeiras horas da Operação na BR-070, no município de Poconé. Os PRFs encontram dentro de uma mochila no porta-malas de um veículo a quantia de R$89,9 mil. Os dois ocupantes do veículo foram encaminhados para a Polícia Federal e disseram aos policiais que o dinheiro foi pego em um escritório em Cuiabá e que serviria para pagar cabos eleitorais na cidade de Cáceres.

Mais R$6,5 mil foram apreendidos durante abordagem da PRF na BR-364, em Santo Antônio do Leverger, na tarde de sexta (05). Após denúncia, os policiais fiscalizaram o veículo Ford/Ka onde foram encontrados o dinheiro, material publicitário, além de uma lista que continha nomes de pessoas e seus dados eleitorais. Segundo informações, o valor seria utilizado na compra de votos de eleitores da localidade Agrovila das Palmeiras. Um homem foi detido e encaminhado para a Polícia Federal em Cuiabá.

Leia também:  Delegacias fortalecem imagem e investigações da Polícia Civil em Várzea Grande

A fiscalização foi intensificada nos pontos de maior incidência de acidentes e infrações de trânsito. O excesso de velocidade, uma das principais causas de acidentes graves em todo o Brasil, foi a infração mais cometida nas rodovias do Estado durante a operação. Os radares móveis capturaram imagens de 393 veículos circulando com velocidade acima da permitida na via. Na região de Rondonópolis, os PRFs flagraram automóveis a 175 Km/h, onde a máxima deveria ser 110 Km/h, e veículos de carga a 111 Km/h, onde o tráfego deveria ser a 90 Km/h.

Nos três dias da Operação, foram realizados cerca de 500 testes de alcoolemia e oito pessoas foram detidas por embriaguez ao volante. Só neste domingo (07), quando não houve Lei Seca Eleitoral, cinco motoristas foram apresentados na Polícia Civil após o etilômetro indicar concentração de álcool superior a 0,34 mg/l, o que é considerando crime pelo CTB. Além dessa infração, foram constatadas condutas como: motoristas (14) e passageiros (14) sem cinto de segurança, crianças sem o uso da cadeirinha (06) e condutores realizando ultrapassagens indevidas (44).

Leia também:  Valor da Produção Agropecuária é de R$ 574,25 bilhões

Em todo o Estado, a PRF registrou 17 acidentes, com 12 feridos e três óbitos. Na manhã deste domingo (7), os agentes atenderam, no km 13,2 da BR-174B, em Pontes e Lacerda, um acidente do tipo saída de pista envolvendo um veículo HB20 no qual estavam sete jovens. O adolescente de 17 anos que conduzia o carro morreu no local. Também neste domingo, por voltas das 18h15, um homem foi atropelado no km 15 da BR-163, em Itiquira. O outro óbito foi registrado na tarde de sábado (06) após colisão na BR-364, km 361, em Santo Antônio do Leverger.

PRF-MT

POSTO MARIA E JOSÉ NOVA MUTUM
%d blogueiros gostam disto: