Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

BRF tem 12 unidades proibidas de exportar para a UE, planta em Nova Mutum entre elas

Funcionários no frigorífico da BRF em Marau, no Rio Grande do Sul (MPT-RS/Divulgação)

A União Europeia publicou nesta segunda-feira, 14, a decisão de abril de proibir importações de carne de frango de vinte frigoríficos brasileiros, sendo doze unidades da BRF, em um desdobramento do escândalo gerado pela Operação Carne Fraca. 2 plantas em Mato Grosso.

A decisão entra em vigor dois dias após a publicação no jornal oficial, que ocorreu nesta segunda-feira, de acordo com o documento.

“Investigações em andamento e ações recentes da Justiça no Brasil indicam não haver garantias suficientes de que os estabelecimentos das empresas BRF e SHB, autorizados a exportar carne e produtos cárneos para a União, cumprem com os requisitos relevantes da União”, diz o texto da UE, referindo-se à última fase da Carne Fraca, em março, que teve a BRF como alvo.

Leia também:  Vendas de carne bovina crescem 11% e somam US$ 3,5 bilhões

“Por conseguinte, os seus produtos podem constituir um risco para a saúde pública e é adequado removê-los da lista de estabelecimentos a partir dos quais são autorizadas as importações na União de carne e produtos à base de carne”, afirma a UE.

As fábricas da BRF citadas na lista da UE estão nos Estados do Paraná (nas cidades de Toledo, Ponta Grossa e Francisco Beltrão), Santa Catarina (em Concórdia, Chapecó e Capinzal), Mato Grosso (Nova Mutum e Várzea Grande), Mato Grosso do Sul (Dourados), Goiás (Rio Verde) e Rio Grande do Sul (Serafina Corrêa e Marau).

Em comunicado, a BRF afirmou que está estudando alternativas para reequilibrar o nível de oferta após a UE ter publicado a lista de frigoríficos no Brasil que foram proibidos de exportar para o mercado comum europeu.

Leia também:  Isoton pede autorização para usos dos recursos hídricos no Rio Ranchão

A BRF tem atualmente 35 unidades produtivas no país, mas nem todas exportam para a União Europeia.

Reuters

ANUNCIE AQUI
%d blogueiros gostam disto: